quarta-feira, 25 de abril de 2001

Projeto de sites

Olá pessoal,


    Vejo freqüentemente pessoas buscando a internet como forma fácil e rápida de se ganhar dinheiro. É aí que mora o perigo. O mercado acaba (está) ficando saturado e o pior, cheio de péssimos profissionais. Mas como distinguir o bom do mal profissional? Pelo projeto.


    Fazer um site, ainda mais quando se envolve parte dinâmica, acesso à conteúdo e lógica, não é fácil. Um bom projeto é essencial para o futuro e o sucesso do site. Hoje, nas empresas que produzem projetos, estima-se a seguinte disponibilidade de tarefas para a produção de um projeto:


- 5 % do tempo na análise do projeto
- 10 % na modelagem do projeto
- 60 % na implementação do projeto
- 5 % na fase de testes
- 20 % na manutenção e debugação


    Mas como? 20% arrumando erros? Tempo é dinheiro, e quanto mais bem projetado for, menor a chance de erros, certo!


   Por que não gastar mais tempo na analise e modelagem do que na manutenção e debugação?


    Tarefas como definir o perfil e o foco do projeto são essenciais, assim como definir o fluxo de tudo isso, além de como deve ser implementado isso (modelo).


    Sempre procure usar o modelo MVC (modelo de 3 camadas), que separa as regras de negócio, do módulo visual e do acesso a dados.


    Isso com certeza facilitará a manutenção, escalabilidade e reuso do código implementado. Além de prover maior clareza do projeto.


Bom, espero ter ajudado.
Caso alguém tenha interesse em discutir esse assunto mais a fundo estarei aberto a discussões.


Recomendo:
- ler algum material sobre UML
- ler sobre projetos
- orientação a objetos



Esta matéria foi postada originalmente no ASP4Developers por Daniel Destro do Carmo (site), que na época era "Analista de Sistemas, Web Developer e Programador Java certificado pela Sun.". Hoje, vai saber...

2 comentários:

Poorlyte disse...

[Enviado originalmente em 16/ago/2002 06:06:59]:

Eu já adoto os seguinte números:

>10% de análise
>20% na modelagem
>50% no desenv.
>5% p/ 1a etapa dos testes
>5% p/ correção de erros
>5% p/ 2a etapa de testes/correções
>5% em manutenção

Poorlyte disse...

[Enviado originalmente em 16/ago/2002 06:07:57]:

20% em DEBUGAÇÃO não é muita coisa para um projeto que já deveria estar pronto????